11 septiembre, 2007

Avaliação

Às vezes penso que as pessoas que realmente amamos o ensino, quer por amor à disciplina que tentamos transmitir, quer por paixão ao facto de participar no processo ensino-aprendizagem, odiamos a avaliação. Eu odeio particularmente e até dava a metade do meu ordenado por não ter de avaliar. Eu gosto de ensinar, gosto de que os meus alunos possam aprender e para mim tanto faz 20 ou zero. E cada vez que tenho de preencher uma folha com nomes e notas, eu tenho vontade de deixar o ensino “formal”. É agora que tenho saudades de daqueles meses de Setembro, quando era freelancer desta profissão: talvez mais pobre, mas também mais feliz nesse sentido. Mas já tudo vai acabar.

No hay comentarios: