18 agosto, 2010

Mis libros (XV)

Sophia de Mello Breyner Andresen, A Sophia para los lusópatas, ha sido una de las más importantes mujeres de la literatura portuguesa del XX. Tengo una predilección especial por sus Contos Exemplares, y concretamente por A Viagem

Os dejo dos poemas.

25 DE ABRIL

Esta é a madrugada que eu esperava
O dia inicial inteiro e limpo
Onde emergimos da noite e do silêncio
E livres habitamos a substância do tempo

ESPERO

Espero sempre por ti o dia inteiro,
Quando na praia sobe, de cinza e oiro,
O nevoeiro
E há em todas as coisas o agoiro
De uma fantástica vinda.

No hay comentarios: